A prática da Arte Suave por atletas profissionais e amadores trazem muitos benefícios à saúde, especialmente no que diz respeito ao condicionamento físico de quem os pratica. Porém, é inevitável que durante a execução dos exercícios ocorra eventuais situações como fraturas e lesões. A medicina do esporte tem um vasto campo de atuação, que inclui a radiologia, onde é possível visualizar com precisão ossos e músculos.

Algumas situações são bastante comuns tanto em atletas de fim de semana, como naqueles que trabalham com o esporte de forma profissional e exames de radiografia são, de modo geral, os primeiros solicitados para um diagnóstico preliminar. As radiografias podem analisar qualquer região do corpo, coluna, bacia, quadril, joelho, pé e tornozelo, ombro, cotovelo, entre outros.

As lesões mais comuns entre os atletas são:

Luxação:

 

Acontece quando há a separação das partes ósseas numa articulação, ou perda completa da superfície de contato entre os ossos que compõem uma articulação. No vôlei, este tipo de lesão ocorre mais na articulação do ombro.

Tendinite:

 

Se dá quando existe um micro-trauma em um tendão. Esse mal é comum em atletas que realizam esforço físico repetitivo, seja em treinos ou durante à prática esportiva. Em corredores acontece mais a tendinite patelar, no joelho, e as causas podem ser falta de alongamento, fortalecimento muscular, entre outros motivos.

Contusão:

Esta escoriação é ocasionada geralmente por pancadas. O seu grau pode variar de acordo com o impacto sofrido, chegando a ser leve, moderada ou grave. No futebol, como é um esporte de muito contato físico entre os jogadores, este tipo de lesão é frequente.

Distensão muscular:

É a ruptura de fibras musculares ou do tecido fibroso do músculo, normalmente causado por estresse muscular ou esforço grande. Também conhecido como ‘estiramento muscular’, é muito comum em jogadores de futebol, basquete e em atletas de corrida.

Ruptura do tendão ou ligamento:

A falta de fortalecimento muscular e alongamento colaboram para que este tipo de lesão ocorra. Muito comum no joelho, a ruptura de tendão ou ligamento representa um drama para os atletas que se lesionam, uma vez que o tratamento é dem

orado.

Entorse:

Esta lesão acontece quando o movimento de uma articulação excede a amplitude normal do movimento, ocasionando um deslocamento súbito articular. Os casos mais comuns de entorse acontecem no tornozelo e no joelho.

Fratura:

 

As fraturas podem acontecer por contato durante a partida ou até mesmo durante os treinos, quando mal orientados. As fraturas traumáticas são as que mais ocorrem entre os atletas e são causadas pela aplicação de força maior do que determinados ossos suportam. Podem acontecer no local da pancada ou em decorrência de outra situação, como quando se apoia a mão no chão ao cair.

Um diagnóstico preciso é muito importante para que o tratamento comece o quanto antes e seus resultados sejam mais eficazes na região afetada.


 

Share.

O portal da Rhino BJJ é um site dedicado a fornecer informações relevantes e atualizadas sobre o mundo dessa arte marcial. Ele abrange uma variedade de tópicos relacionados ao Jiu-Jitsu, como técnicas, competições, notícias, histórias de sucesso, dicas de treinamento e muito mais.

Leave A Reply