O evento Who’s Number One 21 (WNO) apresentou um card monstruoso, proporcionando confrontos eletrizantes de grappling entre renomados atletas da modalidade. Ao longo de 11 lutas, três cinturões estiveram em disputa.

Lutas Preliminares

A noite começou com força, apresentando um card preliminar empolgante encabeçado por um confronto entre dois promissores grapplers de cada lado do Oceano Atlântico, Owen Jones e Dominic Mejia. Foi uma disputa intensa com muita ação, mas Jones conseguiu usar sua guarda fantástica de maneira eficaz, conquistando a vitória por decisão. Havia várias histórias intrigantes indo para o card principal, sendo uma das maiores delas destinada a se desenrolar na luta de abertura, onde Tainan Dalpra faria sua estreia no no gi.

Cards Principais

A estreia no grappling de Tainan Dalpra foi impressionante, finalizando Troy Russell com um armlock partindo da montada. Tainan demonstrou técnica apurada, construindo estrategicamente sua vitória sem perder posições. Luke Griffith, pupilo de John Danaher, finalizou Roosevelt Sousa em menos de cinco minutos com um Heel Hook letal, destacando-se como promessa no grappling.

Mais tarde na noite, Giancarlo Bodoni entrou em ação com apenas alguns dias de aviso prévio para enfrentar Lucas ‘Hulk’ Barbosa, depois que Gordon Ryan se retirou do evento. Foi uma luta intensa e nenhum dos atletas estava disposto a arriscar, ambos mantendo uma postura defensiva do início ao fim. Bodoni venceu por decisão, encerrando de forma brilhante uma noite fantástica para a equipe da New Wave Jiu-Jitsu, com seus competidores alcançando um impressionante resultado: 4-1 nos resultados do Who’s Number One 21. Este foi o momento em que o evento realmente acelerou, já que as três últimas lutas da noite tinham títulos em jogo.

Na luta principal, Pedro Marinho, da Gracie Barra, manteve sua supremacia nos meio-pesados, superando Rafael Lovato por decisão após 15 minutos intensos. Pedro iniciou forte, aplicando seu wrestling de alto nível e conseguindo quedas impressionantes. Lovato, por sua vez, reagiu efetivamente em pé, mas Pedro retomou o controle, resistindo ao ímpeto do oponente. Esta vitória marca a segunda defesa de cinturão de Pedro Marinho no WNO, solidificando sua posição no topo desde fevereiro de 2022, quando conquistou o título ao derrotar Giancarlo Bodoni.

Mica Galvão colocou seu título dos meio-médios em jogo contra Kody Steele e, embora Steele realmente tenha pressionado Galvão ao limite, Galvão ainda conseguiu pegar as costas dele e finalizá-lo com um estrangulamento mata-leão, mantendo assim o cinturão. Na entrevista pós-luta, Galvão revelou que desejava que sua próxima defesa de título fosse contra Nicky Ryan no WNO 22, e Ryan subiu ao palco para aceitar publicamente o desafio.

Diogo Reis, que defendeu seu título peso-pena contra Diego ‘Pato’ Oliveira. A luta teve bastante ação no início, mas terminou de forma um pouco anti-climática, pois Reis sofreu uma lesão no joelho durante uma confusão e foi obrigado a se render.

A jovem promessa Helena Crevar, da New Wave, dominou Julia Maele no WNO 21, atacando repetidamente com heel hooks e garantindo a vitória por decisão unânime dos jurados. A performance de Helena confirma sua ascensão no cenário das artes marciais.

Share.

O portal da Rhino BJJ é um site dedicado a fornecer informações relevantes e atualizadas sobre o mundo dessa arte marcial. Ele abrange uma variedade de tópicos relacionados ao Jiu-Jitsu, como técnicas, competições, notícias, histórias de sucesso, dicas de treinamento e muito mais. Os usuários podem encontrar artigos, vídeos e recursos úteis para aprimorar suas habilidades, aprender sobre a cultura do Jiu-Jitsu e se manter atualizados com as últimas novidades do esporte. O portal é projetado para atender às necessidades de praticantes, entusiastas e fãs do Jiu-Jitsu, oferecendo um espaço informativo e inspirador para explorar e se envolver com essa arte marcial.

Leave A Reply