O Jiu-Jitsu Brasileiro (BJJ) remonta às tradicionais artes marciais do Jiu-Jitsu japonês (JuJutsu) e do Judô, ambos fazendo uso do Gi (Kimono) como uniforme oficial. Enquanto várias associações e federações de Jiu-Jitsu se sediam campeonatos e eventos que têm divisões No-Gi, em sua essência, o Jiu-Jitsu brasileiro sempre será um esporte onde o uso do kimono é essencial.

Nós criamos alguns pontos-chave sobre por que o treino com kimono seria muito mais benéfico quando comparado com o treinamento NO-GI, e por que a maioria dos atletas preferem treinar vestindo kimono.

Jiu-Jitsu com Kimono

O treino de Kimono abre várias maneiras sobre como montar seu jogo. Há mais técnicas que você pode fazer usando kimono do que sem ele. Certas finalizações, como o estrangulamento cruzado ou o estrangulamento de arco e flecha, são impossíveis de fazer sem o Kimono. Algumas posições de guarda aberta, como o laço e a guarda-aranha, embora possível, seriam ineficientes sem o kimono.

O Kimono pode ser uma ferramenta muito poderosa para comunicação e aprendizado. Seu professor será capaz de lhe dar instruções específicas e específicas sobre onde fazer pegada, como segurar e como controlar seu oponente. Você será capaz de entender as reações básicas do corpo humano, tanto do oponente quanto do seu, muito mais claramente.

Quando a comunicação entre você e seu professor é transparente, você vai progredir a uma taxa exponencialmente mais rápida. Técnicas e conceitos podem ser transmitidos pelo professor de forma mais eficiente e você poderá avançar para a próxima técnica em um período menor de tempo.

Ênfase e Controle

Você terá um melhor controle do seu corpo quando treinar com kimono. O Gi absorve o suor, e o tecido em si causa muito atrito à medida que entra em contato com seu parceiro. Você pode treinar suas técnicas no mesmo grau todas as vezes, e quanto mais você é capaz de repetir um movimento específico, mais polido ele se torna.

Fugas são mais difíceis de executar também, pois você não será simplesmente capaz de escapar de certas posições. Você vai precisar aprender tempo e técnica adequados, e dependem menos de força e velocidade. Isso vai forçá-lo a jogar com mais inteligência, ou você vai esgotar toda a sua energia, como o oponente terá melhor controle de você.


Jiu-Jitsu Sem Kimono (no-gi)

O debate entre Jiu-Jitsu (GI) Vs Jiu-Jitsu (no-gi) é algo que você vai encontrar durante o seu tempo dentro e fora dos tatames. Alguns acreditam que o gi é melhor, porque você também pode levar o que aprendeu para no-gi. Outros acreditam que no-gi é melhor porque é mais realista para situações da vida real. Não importa qual seja a sua classificação no Jiu-Jitsu, você vai desenvolver uma preferência — gi ou no-gi — ou haverá pelo menos uma que você favoreça. O debate de gi Vs no-gi é incrivelmente aparente, especialmente quando rola com lutadores de MMA. A maioria das pessoas na sua academia terá preferências quanto ao Jiu-Jitsu que preferem, e por quê. Há “prós e contras” para ambos os estilos de Jiu-Jitsu. O princípio é o mesmo, mas as oportunidades são diferentes.

Características do NO-GI

Há diferentes razões para favorecer qualquer uma das modalidades. Ambos os formatos de modalidades trazem habilidades diferentes para a mesa. Depende inteiramente dos seus objetivos e do que você quer tirar do Jiu-Jitsu.

Mesmo que haja mais maneiras de ser controlado e finalizado no Jiu-Jitsu com kimono, os atletas também podem preferir isso devido ao atrito do algodão retardando a luta e dando mais tempo para pensar sobre o seu próximo movimento. Além disso, o gi melhora suas ‘pegadas’ e dá espaço para mais técnica que você não pode fazer no no-gi.

Outros podem preferir o no-gi porque este estilo de modalidade do jiu-jitsu é mais próximo da luta de rua, em comparação com o no-gi, além disso o no-gi também é mais aplicável ao MMA, então os lutadores de MMA podem não gostar do Jiu-Jitsu com kimono se não treinarem muitas vezes nele, e podem se ver sendo pegos em movimentos que não aconteceriam no cage. Com o no-gi você é mais propenso a escorregar fora de posições e escorregar em submissões devido ao ritmo rápido e combinação de suor e o material escorregadio que o torna mais uma mistura.


Conclusões

Nosso objetivo nesse post não é causar uma discussão entre as duas modalidades e sim explicar as diferenças e características entre as duas modalidades. Experimente os dois. Veja o que funciona melhor para você. Em última análise, é apenas uma questão de preferência pessoal.

Share.

O portal da Rhino BJJ é um site dedicado a fornecer informações relevantes e atualizadas sobre o mundo dessa arte marcial. Ele abrange uma variedade de tópicos relacionados ao Jiu-Jitsu, como técnicas, competições, notícias, histórias de sucesso, dicas de treinamento e muito mais.

Leave A Reply