Fazer melhorias contínuas no Jiu-Jitsu não é tarefa fácil… Ainda mais depois de um bom tempo de treino. Depois de vários meses e anos, o crescimento se torna um problema que precisa ser resolvido – mas, felizmente, há uma resposta para isso.

E qual é a resposta? É dar uma olhada honesta em si mesmo e em suas habilidades e reconhecer que algumas coisas não estão funcionando .

Muita das vezes essa experiência pode vir da frustração , sentir que algo realmente não está funcionando– as coisas podem ficar tão ruins que você finalmente se depara com o fato de que precisa adicionar algo, uma habilidade ou defesa específica ao seu arsenal. Outras vezes você reflete sobre algo que é importante para você – ter um triângulo que realmente funciona, ou se sentir mais confortável na posição em pé – e resolve levar isso a sério.

Mas seja como for, é importante que você dê uma boa olhada nas suas habilidades e jogo de Jiu-Jitsu, avalie-os… E faça as devidas alterações:

  • A habilidade de olhar honestamente, para si: reconhecer que as coisas não estão funcionando e que você precisa fazer algumas mudanças no que está fazendo, pode ser difícil de aprender.
  • Ser mais objetivo nos treinos: antes de ir ao treino, procure traçar um objetivo e tentar cumpri-lo. Por exemplo: “não sou tão bom de guarda”, então hoje eu vou jogar de guarda e tentar fazer o treino mais forte possível, não deixar ninguém me passar e tentar raspar o máximo de vezes possíveis.
  • Perguntar ao seu professor no que você pode melhorar: o seu professor é a pessoa que mais lhe acompanha durante sua caminhada no Jiu-Jitsu e com todo certeza ele irá te ajudar, até mesmo apontar onde mais vocẽ está errando e te ajudar a corrigir esses defeitos.
  • Treine com aqueles colegas casca grossa: talvez essa seja a dica mais difícil e dura a se cumprir dentre essa lista de tópicos que mencionamos aqui. É necessário deixar seu ego de lado e treinar com aqueles colegas duros, pois, pode parecer que não mas são eles que farão você evoluir mais rápido.

Se você notou que faltou algo em nosso artigo e caso queira compartilhar sua história no Jiu-Jitsu, não se contenha. Deixe um comentário!

Share.

"Um dedicado praticante de Jiu-Jitsu, ostentando a faixa marrom de uma renomada academia: Checkmat, minha jornada nesse empolgante mundo das artes marciais teve início em 2012. Desde então, venho aprimorando minhas habilidades e conhecimento nessa arte, buscando constantemente a excelência no tatame."

Leave A Reply